Como fazer o preenchimento de caixas de embalagem?

O preenchimento de caixas de embalagens é um processo necessário para impedir que o produto fique solto e venha a se danificar durante o percurso.

Pensar em formas de calçar a mercadoria ou preencher os espaços vazios te dará várias vantagens.

Por isso, vamos citar algumas formas de fazer esse preenchimento para proteger seus produtos e assim reduzir o número de devoluções de peças que chegam com defeito.

Se você já passou pelo processo de devolução por conta de avarias causadas durante o trajeto entre a sua empresa e o cliente, já sabe o quanto isso é ruim.

Além de gerar prejuízos financeiros, ainda impacta de forma negativa o relacionamento entre você e o consumidor.

Tipos de preenchimento de caixas

Antes de escolher o melhor tipo de preenchimento de caixas, é preciso reforçar que além de proteger o seu produto, estes acessórios para embalagem devem deixar o embrulho mais bonito.

O mercado oferece várias opções, mas na hora de escolher, leve em consideração o melhor custo-benefício e, não esqueça, pense na questão do meio ambiente para não gerar mais lixo desnecessário que será jogado na natureza.

Alguns tipos de preenchimento de caixas:

  • Almofada de ar para embalagem – Sacos plásticos inflados que preencher a caixa evitando impacto;
  • Papel – Algumas empresas usam papel amassado para dar suporte aos produtos, criando calços que impedem o impacto entre o produto e as paredes da caixa.
  • Plástico bolha – Este sistema envolve o produto, ou seja, não faz o preenchimento do espaço vazio na caixa. Por mais eficaz que seja, há casos onde além do plástico bolha, você terá que preencher os espaços com outro material para reforçar a segurança da embalagem.
  • Almofada de ar de papel – Assim como as de plásticos, você também encontra as almofadas de papel que possuem a mesma aplicação para o preenchimento de caixas.
  • Isopor – Flocos de isopor também são utilizados, mas este material está cada vez mais em desuso por ser inflamável e prejudicar o meio ambiente.
  • Flocos de milho – Mais vantajoso que o isopor, os flocos de milho são hoje a melhor opção quando falamos em eficiência para proteção de produtos e com a vantagem extra de não prejudicar a natureza por ser feito de um material biodegradável.

Encontre a opção que faça mais sentido para você, lembrando que a consciência ambiental é muito importante. Procure sempre produtos sustentáveis e que não prejudiquem o meio ambiente, esta é a melhor forma de mostrar seus valores aos clientes e também de conscientizá-los sobre a questão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *